Artigo incluído na revista Volume II :: No.2 :: Dezembro 2006

Estudo De Caso

Mudanças no sector dos transportes em Portugal: que caminhos para a actividade de serviço público e para a preservação do interesse geral?

Liliana Cunha1 & Marianne Lacomblez2
(1) Universidade do Porto – Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
Rua Dr. Manuel Pereira da Silva
4200-392 Porto
lcunha@fpce.up.pt
(2) Universidade do Porto – Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação
Rua Dr. Manuel Pereira da Silva
4200-392 Porto
lacomb@fpce.up.pt
Resumo

O sector dos transportes rodoviários de passageiros em Portugal tem vindo a sofrer, desde o início da década de 90, profundas modificações no seu cenário. As mudanças operadas visam, sobretudo, minimizar as perdas relacionadas com oscilações na utilização do transporte público, em virtude do congestionamento de tráfego nos grandes centros urbanos e do aumento consequente da adesão à viatura privada. A leitura da actividade dos motoristas remeteu-nos para o desenvolvimento de dois estudos de caso, em quatro empresas de carácter público e privado, cujos resultados reforçam a necessidade de debater, por um lado, as opções subjacentes às mudanças empreendidas e, por outro lado, os critérios associados à prestação do serviço público. É, finalmente, na análise da actividade de serviço público, e nas estratégias que nela se desenvolvem, que encontramos um importante contributo para a regulação do interesse geral ao nível da mobilidade dos cidadãos.

Palavras-chave mudanças, transporte rodoviário de passageiros, motoristas, serviço público, valores.