Artigo incluído na revista Volume VI :: No.2 :: Dezembro 2010

Importa-se De Repetir...?

Caminhos para a articulação entre linguagem, ergologia, trabalho e desenvolvimento

Cecília Souza-e-Silva1 & Vera Lucia Sant´Anna2
(1) Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Programa de Pós-graduação em Lingüística Aplicada aos Estudos da Linguagem, Rua Monte Alegre, 984, Perdizes, São Paulo, Brasil - CNPq
cecilinh@uol.com.br
(2) Universidade do Estado do Rio de Janeiro – Pós-Graduação em Letras, Rua São Francisco Xavier 524, sala 11.029, bloco A,
Maracanã, Rio de Janeiro, Brasil
verasantanna@terra.com.br
Resumo

Este artigo tem por objetivo articular a noção de desenvolvimento (Sen, 2000), o enfoque ergológico voltado para a atividade de trabalho (Schwartz, 1997, Schwartz, Adriano & Abderrahmane, 2008) e os estudos da linguagem vistos sob a perspectiva discursiva (Mainguenau, 1984; Possenti, 2004). Tal articulação abre-se à idéia de um “letramento discursivo” capaz de proporcionar ao indivíduo um espaço de liberdade para aumentar suas “capabilidades” de compreensão do mundo e de participação mais crítica no desenvolvimento do seu entorno sócio-histórico.